Sunday, 18 July 2010

Munique, Baviera

Munique é uma cidade impar. Um grande centro político, cultural, tecnológico, histórico. Ao mesmo tempo preserva seus traços históricos, com casa, igrejas, prédios com séculos de existência, e prédios (não saõ altos) modernos, indústria de ponta, carros de última geração, transporte público organizado e eficiente. Apesar disso tudo vi aqui um grande contraste: o povo na baviera é muito convervador. Existe uma forte influência católica em no sul da Alemanha, nota-se isso através das numerosas igrejas que existem espalhadas por todo a cidade. Eu mesmo presenciei um casamento terminando (os noivos saindo da igreja) em aqui em Kirchheim, é um evento e tanto, a praça em frente a igreja estava tomada de pessoas, radiantes, festejando.
Essa mesma igreja tem um torre com um sino, o qual sete dias por semana, das 7 horas da manhã até as 22 horas da noite toce de 15 em quinze minutos. É um grande teste para a paciencia de qualquer pessoa. Depois de uma semana escutando o sino tocando, é difícil não ter vontade de destruir o sino.

Nos últimos dias tem feito muito calor por aqui (para os padrões europeus), cerca de 30°C, 32°C, e mesmo assim, com as pessoas derretendo e reclamando do calor, não vi ninguém sem camisa. Num desses dias quentes andei sem camisa na rua, e todo mundo ficou me olhando, fiquei impressionado, virei atração turísica por aqui para o povo daqui. Me controlei para não rir, continuei andando e olhando para frente. Também tive dificuldade de encontrar comida de outros países no mercado. Basicamente 95% da comida é daqui. Me parece que o povo bávaro não é muito simpático para as coisas que vem do exterior.
Realmente fiquei impressionado, como tantas coisas em Munique são tão avancadas, ao passo que existem outras ainda precisam evoluir tanto.

Me impressionou também o sistema de transporte público de Munique. O trem e metro tem uma malha gigante que cobre a cidade inteira, com 8 linhas de metro e 10 linhas de trem. Também existe a opção de usar ônibus ou bonde. Existem muitas opções de bilhetes. Cheguei a comentar sobre o sistema de transporte de Munique em posts passados, então não falerei muito sobre isso. Resumindo: o sistema de transporte é muito bom, tanto em extensão quanto pontualidade.

Um ponto importante que eu não poderia esquecer: Munique é uma cidade cara, para morar, para transporte, para comprar roupas, equipamentos esportivos. Quem trabalha na industria (areas de exatas, biológicas) costumam term bons salários ( € 50K, 60K, 70K por ano), então o dinheiro acaba não sendo um grande problema.

De uma maneira geral Munique tem os seus prós e contras como qualquer lugar,  mas é uma ótima cidade para se morar, com uma boa qualidade de vida, com empregos para quem tem nível universitário, e para os que adoram uma boa cerveja é um copo cheio (mas a cerveja é um assunto a parte que fica para outro post). :)

1 comment:

  1. aqui as pessoas também não andam sem camisa, mesmo com o calor miserável que fez no canicule.
    quanto a ser cara... pois é... depende do salário anual do sujeito! lembrando que um bom percentual já fica no governo!

    ReplyDelete

Divirta-se / Mach Spaß / Have fun :)